A experiência por trás do conceito

Atualizado: 22 de Mar de 2019


A Gazen é feita de pessoas. Para entregarmos um serviço de qualidade, com eficiência e precisão, contamos com profissionais preparados e sempre em busca de novos conhecimentos e atualização. Contamos com cinco advogados capacitados, estagiários, consultores, peritos e equipe de apoio, dispostos a oferecerem o melhor serviço para nossos clientes.


Giovani Gazen

Giovani Gazen (OAB/RS 18.611)

é advogado, especialista em Direito Administrativo, Financeiro e Contratual e pós-graduado em Administração Pública. Atua como professor universitário e como consultor jurídico, além de parecerista e articulista em jornais e revistas especializadas sobre Licitações e Contratos, tendo ministrado mais de duzentos cursos e seminários em diversos Estados nesta área.


Sua aposta na Gazen decorreu da oportunidade de prestar serviços à área empresarial no ramo do direito administrativo, nas relações contratuais com o Poder Público, unida à demanda crescente deste trabalho na década de 1990. Através de um atendimento personalizado de cada cliente, acredita contribuir para construir um jeito único de trabalho na Gazen.


Com sua experiência, Gazen diz ter aprendido o valor profissional do trabalho especializado e a importância do relacionamento transparente e ético com cada cliente..


"Os limites da Gazen são, à altura de seus sócios e profissionais, de manter-se sempre focados e na vanguarda de prestação de serviços de excelência à área empresarial", diz Giovani.


Maurício Gazen

Filho de Giovani, Maurício Gazen (OAB/RS 71.456) é advogado, pós-graduado em Direito Público pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), com MBA em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Atua como consultor Jurídico de diversos órgãos e empresas em matéria de licitações, concessões, contratos públicos, contratos privados e negócios empresariais, com experiência de 10 anos. Maurício Gazen ainda é palestrante em cursos envolvendo a temática licitações e contratos públicos. A seriedade e a especificidade do escritório atraíram Maurício Gazen, além do fato de ser o pioneiro no Rio Grande do Sul a tratar Direito Administrativo com foco em licitações e contratos públicos. O advogado destaca que trata cada caso de forma individualizada, atendendo o cliente com rapidez e precisão, além de se especializar e de ministrar treinamentos em nível nacional.


Em relação ao que já aprendeu com seus anos de atuação na área, diz ter entendido que seriedade e ética estão acima da questão financeira, e que a tradição e a experiência fazem a diferença quando se trata de grandes questões e projetos importantes.

"Meu sonho é que a Gazen continue atuando por mais 30, 40, 50 anos, sendo referência nas suas áreas de atuação em nível nacional e não só regional", almeja Maurício Gazen."


Marcelo Gazen

Marcelo Gazen (OAB/RS 58.307), segundo filho de Giovani, é advogado e árbitro na Câmara de Arbitragem da FEDERASUL , pós-graduado em Direito Tributário e Econômico Financeiro pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Atualmente, cursa MBA em Concessões e Parcerias Público Privadas pela FESPSP e London School Economics. A experiência sólida de 19 anos na área de licitações e contratos públicos, atuando como consultor jurídico de diversas empresas, lhe confere a expertise necessária para almejar voos ainda mais altos na carreira.


"Um grande objetivo é expandir a atuação do escritório em outros estados, ampliar as parcerias e serviços a serem oferecidos e se tornar uma referência não somente no Rio Grande do Sul, mas em todo o Brasil", projeta Marcelo.

O profissional também é reconhecido pela atuação como palestrante em diversos cursos abertos e in-company, voltados à temática de licitações e contratos públicos e legislações correlatas. Além disso, acumula cargos de Diretor e Coordenador da Comissão Permanente de Infraestrutura da Federasul, vice-presidente da Comissão Especial de Infraestrutura, Energia e Mercado de Capitais da OAB/RS e Conselheiro Titular da CARRIS.


- Ser ético e trabalhar duro, com foco no planejamento, é o sucesso para a futuro, completa.



Juliana Campos

Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela PUCRS e especialista em Direito Público pela Fundação Escola Superior do Ministério Público (FMP), a advogada Juliana Campos (OAB/RS 94.800) chegou ao escritório em 2009, quando ainda era estudante do 5º semestre do curso de Direito. Aprendeu muito ao longo do estágio e, em 2016, retornou como advogada por acreditar nessa forma clássica de advocacia, com ampla análise e tempo de dedicação aos casos.

Com foco em otimizar etapas de fluxo de trabalho para dar agilidade às demandas, bem como fomentar os debates sobre os casos concretos, sempre que possível traz novidades que podem ser utilizadas como novas ferramentas dentro do dia-a-dia. Juliana destaca que o aprendizado é diário, pois o convívio como equipe engrandece o trato pessoal e as relações profissionais, além de aprimorar a relação com o cliente.





"O sonho hoje é ir além, seguir atuando com excelência nas áreas em que já somos destaque e expandir as demais áreas para que sejamos referência a nível nacional", espera Juliana.


Jailson Soares

O advogado Jailson Soares, bacharel em Ciências Jurídicas Sociais pela PUCRS, acredita que apostar no Escritório Gazen pressupõe uma oportunidade de aprendizado e crescimento profissional e de experiência prática no ramo da advocacia público e privada.


Para contribuir na construção de um jeito único de trabalho, estuda e lê muito - até esgotar os principais entendimentos doutrinários e jurisprudências aplicáveis ao objeto estudado. Soares acredita que, em seus anos de experiência, tem aprendido o que não se aprende nas salas de aulas dos cursos de Direito: as minúcias da profissão de advogado, passando pela relação pessoal com clientes, colegas de trabalho, servidores e magistrados. A cada experiência profissional vivenciada, relata surgir um desejo de crescimento pessoal.



Para se chegar a lugares de mais responsabilidades, é preciso, antes de delegar, saber realizar cada atividade, por mais simples que se pareça. Mais importante que delegar, é ter o desejo e a humildade de aprender, sempre", conclui Jailson.